26 dezembro, 2015

2016! NOVO TEMPO!

Olá amigos do blog, que venha 2016 e nos traga muitas alegrias. Um novo tempo na vida de cada um de nós. Aqui nas aulas saímos de férias essa semana, embora ainda tenhamos alguns trabalhos a cumprir para encerrar nossas atividades neste ano. Ontem encerramos a gravação de um vídeo, no qual alguns de nossos alunos participaram e amanhã ainda temos uma apresentação dos nossos alunos de Musicalização Infantil com o Coral Kolaios da Catedral Metodista em Valença/RJ na comemoração de Natal da mesma.
A idéia do vídeo surgiu por conta do aluno Gustavo Melo, que em uma de suas aulas de violão comentou sobre um vídeo que gravamos em 2011, no qual nossos alunos tocam uma canção composta por mim para o final de ano. Perguntou porque não poderíamos fazer o mesmo neste ano de 2015. Falei que era viável, embora tivéssemos pouco tempo para ensaiar os alunos, o que provavelmente deixaria alguns alunos de fora da gravação, por motivos de provas escolares neste fim de ano, vestibulares, viagens, etc. Aqui quero deixar registrado o nome de Gustavo Melo exatamente pela iniciativa e desejo de participar. Nós professores gostamos de ver quando vocês trazem suas expectativas para as aulas e dividem conosco seus sonhos e planos, queremos ajudar e quando os alunos se fazem parceiros nestes projetos musicais, o aprendizado se torna mais eficaz, além de prazeroso para ambos, educadores e educandos. Portanto tragam suas idéias, por mais loucas que pareçam. 

Para dar continuidade ao projeto "gravar uma música de fim de ano", precisava torná-lo mais didático que o de 2011, pois queria que cada etapa fosse uma aula, um aprendizado para todos, afinal de contas "gravar por gravar" que utilidade tem? Passamos por várias etapas para concretizar nosso objetivo.

Primeira etapa: Trazer a idéia ao conhecimento dos outros alunos. Afinal de contas eles é que estariam no vídeo. E se não quisessem gravar? Apresentei a proposta a cada aluno e disse que não iria compôr a música neste ano, mas queria que eles sugerissem uma música já conhecida para gravarmos. Esta etapa durou aproximadamente uma semana e ao findar dela pudemos tirar alguns aprendizados, como a escolha de músicas que tinham ou não haver com o período (fim de ano) e a mensagem que queríamos passar. Conversamos sobre a importância dessa contextualização, até usando exemplos de cantores do programa "The Voice" e a escolha de músicas destes ao se apresentarem no programa. Também falamos dos que se abstiveram de opinar na escolha da música e que a consequência poderia ser tocar uma canção que não gostassem muito, por conta de sua omissão na escolha. Enfim, tivemos uma aula já aí! A música que ficou para trabalharmos então foi "Novo Tempo" de Ivan Lins. Agora era pôr as mãos na massa.


Segunda etapa: Música escolhida, era hora de escolhermos tonalidade e definirmos quem tocaria ou cantaria a música. Essa etapa ocorreu da forma mais natural possível e foi a que durou mais tempo, pois precisávamos ensaiar a música, o que ocorreu durante a própria aula de cada aluno. A seleção natural de quem ia tocar ou não, deu-se pelas questões apresentadas acima, além de presença nas aulas para ensaiar a música, dedicação ao treiná-la em casa, etc. Ainda nesta fase as idéias foram surgindo, colocar um cajon aqui, um ukulele ali, etc. Convidei cada um para fazer uma parte dando desafio a eles, como pedir para cantar determinada parte (nem todos toparam, claro), ou até mesmo compôr uma letra, como foi o caso do Rap que foi composto por Wallace REMF, que aceitou o desafio na hora e abrilhantou a música. Findando esta etapa falamos sobre como pensar um arranjo e como a escolha dos instrumentos interfere no trabalho final.

A etapa 3 foi a gravação! Consideramos que a melhor forma era gravar um vídeo e postar na rede, pois além de ser o meio mais em conta financeiramente, era também o que nos parecia mais eficaz em termos de divulgação do que foi gravado. Marcamos dia e horário com o Igor Almeida, que nos gravou todo o trabalho. Paralelo às gravações, nas aulas falamos sobre o autor da música (Ivan Lins), sobre os direitos dele com relação à sua obra, sobre alguns sites de compartilhamento de vídeo, como o Coverium, por exemplo e como esses sites trabalham, etc. Nesta etapa o objetivo era mostrar o que fazer depois que temos um trabalho finalizado em mãos.

A etapa final era postar tudo na rede e partir para a divulgação. Estamos nela! Esse post aqui faz parte de todo esse contexto: Divulgação! Também temos "n" formas de fazê-lo, seja através das propagandas patrocinadas ou pelo "boca a boca". Mas muito além de tudo isso, de apenas divulgar um vídeo na internet, está o trabalho de várias aulas e alunos, que nestes meses de novembro e dezembro de 2015 aprenderam bem mais que uma música para o repertório, entenderam que o que começou com uma simples idéia hoje é um vídeo na internet. Simples sim, mas saiu do papel. Entenderam que os que conseguiram superar seus obstáculos, medos e limitações, estão agora no vídeo. Entenderam que num trabalho em equipe você não tem que ser melhor que ninguém, as pessoas se completam. Enfim, todos nós tivemos uma aula! E eu é que agradeço a cada aluno por mais um ano e tudo isso.
Feliz 2016! Que venha um novo tempo para todos nós!
Postar um comentário