04 setembro, 2013

Músico valenciano tem disco lançado no México

Olá galera!! Tem uma galera boa que já me mandou texto para ser escrito aqui no blog, na verdade eu pedi! rsrsr Geralmente são ex-alunos que tiveram em algum show, evento, etc e eu peço para escreverem sobre a partcipação deles. Desta forma tem matérias aqui no blog do Igor Almeida, Thiago Drummond, Márcio Manhães, Samuel Jr., etc. E se você é ex-aluno nosso e tem algo que pode contribuir nesta área, por favor não hesite em falar comigo.

Desta vez li na net o texto que agora reproduzo na íntegra aqui, ele é de Giovanni Nogueira, baixista e fundador da banda Gadernal. De antemão meus parabéns a Fábio Gonçalves pelo trabalho, isso mostra que Valença/RJ tem muito a oferecer. De igual forma meus parabéns pelo texto do G.N., um dos maiores divulgadores da cena musical da cidade.  
Músico valenciano tem disco lançado no México
"Disco do guitarrista do Gadernal, Fábio Gonçalves em edição limitada no México.
“Edificador” de Fábio Ribeiro é 100% metal

Giovanni Nogueira
Com lançamento ocorrido na terça-feira, 20, “Vale da Sombra da Morte” é o primeiro disco de metal valenciano lançado por uma gravadora - a Eternal Records do México. O músico multi-instrumentista Fábio Gonçalves Ribeiro, o Babí, vem de projetos de metal, como o elogiado “Mystic Torment” pela revista especializada Roadie Crew e está feliz com o feito. “Já havia lançado dois ep’s (discos de duração média), “Crucial Aniquilação” e “Monotonia
Mundana”, lançados de forma digital e que foram remasterizados e compilados neste trabalho atual, também com nova parte gráfica. As músicas de trabalho são “Nova Ordem Congregada” e “Maldição Hereditária”, este último fala da tragédia no Haiti e tem videoclipe no Youtube”, explica.

Fábio, que assina como Lord Mercy nos encartes, toca todos os instrumentos e
destaca a tecnologia atual que permite que qualquer pessoa possa gravar, e também os contatos feitos pela internet. “Conheci pessoas de vários países: Reino Unido, Irlanda, Noruega, Finlândia, Suécia, Polônia. Dos vizinhos Bolívia e Colômbia, além de muitos outros seguidores e admiradores do som que criei. Conheci o Sergio Salas, proprietário da Eternal e ele me propôs o lançamento... Na internet me chamam de “homem orquestra”, ou “banda-de-um-homem-só, Hoje, os recursos permitem que sejam lançados trabalhos artísticos. Não apenas basta tê-los, é preciso estudá-los: equalizações, masterizações e tudo que está dentro da arte. Hoje, o músico ampliou sua forma de trabalho, sua arte. Também virou designer, formula capas, monta videoclipes, cria logos, é empresário etc.”.

O estilo do som é “Seprucal Profetico Unblack Metal” com letras cristãs, apesar da sonoridade metal em suas doze faixas – uma música bônus, “Flagelo da Obsessão”, single do próximo EP. “Prego o evangelho de Cristo como meio de salvação para as almas impuras e perdidas. Em 2008 comecei com o propósito de levar e propagar a arte através de uma sinfonia extrema. É uma batalha contra o maligno e o impuro. São hinos sinfônicos com letras que retratam a face maligna do homem - que se deixa levar pela influencia de satanás”. Guitarrista e fundador da banda Gadernal, diz que a banda não acabou e que em breve será lançado trabalho autoral e retribui. “Agradeço a Deus, família e amigos”. O trabalho pode ser ouvido no myspace.com/edificador. A reserva do disco feita pelo Facebook/Edificadorband."

Postar um comentário