10 fevereiro, 2013

O que você espera da música em 2013?

O mundo não acabou! E na coluna "Musicalizar" no PORTAL VALENÇA-RJ aproveitamos para perguntar às pessoas o que elas esperavam da música em 2013. O foco é a música em Valença/RJ e cada um deu seu parecer e comentou sobre seu sonho para o cenário musical valenciano. Agradecemos a todos os que contribuiram com sua opinião, mas se você não está na lista, ainda pode dar a sua opinião… É só colocá-la nos comentários aqui ou lá no Portal: http://www.portalvalencarj.com.br/o-que-voce-espera-da-musica-em-2013-por-pinheiro/ 

Nós queremos muito saber o que você pensa. Que venha um 2013 mais harmonioso! Um abraço e um bend pra todos!

 “Além de continuar cantando, pretendo trazer alguns shows de colegas de outras regiões. Com o intuito de intercâmbio. Abrir novos espaços fora daqui também é importante. O músico não pode ficar estagnado só em sua cidade”. (Gerson Santos – Grupo Sam’balança)

“Eu acho que Valença sempre contou com músicos muito talentosos e criativos, além de bons professores. Acho que 2013 será um ano de crescimento dos músicos já consagrados. É uma pena que a política nunca valoriza a arte como ela merece”. (Rafael Rochê – Professor de Português)

“Da minha parte espero que exista mais honestidade e mais respeito de alguns músicos com os colegas de profissão e com o público que os assiste. Que desapareça o lema:”Farinha pouca,meu pirão primeiro” e que haja mais união,o que, automaticamente, resultará em mais respeito das contratantes Casas Noturnas pela classe”. (Jô Macedo – Grupo Pelo Telephone)

“Espero que a música valenciana permaneça consistente e cada vez mais madura. Que os músicos mantenham aquele arranjo meio bucólico/rock rural característico da nossa região), aquele toque meio ‘clube da esquina’ ‘geração 2000 anos 60′, sem perder o contato com estilos mais contemporâneos e undergrounds; ou seja, que se respeite a tradição sem o medo e/ou pré-conceito do novo”. (Carlos Brunno – Poeta)
 
“O que eu queria pedir e espero para a música valenciana é mais empenho dos músicos visando cada vez mais se profissionalizar e mais apoio do pessoal da cidade, pois temos que valorizar gente da nossa gente, não pessoas que nunca vimos… E viva a arte independente, pois isto é o mais importante!” (MC Remf – Rapper)

“A efervecência musico-cultural de Valença atrai cada vez mais admiradores, ouvintes e seguidores, devido à ampla competência de grupos e bandas, muito bem qualificados musicalmente…” (Tompson MSilva – Luthier)

“Espero que 2013 seja o ano que marque a união de todos os músicos de Valença, para que assim possamos superar as dificuldades do nosso precário, porém promissor cenário musical”. (Fabiano Garcia – Banda Equilibrio Natural)

“Eu espero que 2013 seja um grande ano para todas as pessoas envolvidas no meio musical”. (Felipe Martins – Banda The Black Bullets)

“Espero que em 2013 os líderes de Valença dêem mais oportunidades para os músicos da cidade, fazendo shows aos finais de semana para que todos os músicos possam mostrar o seu trabalho independende de estilo”. (Marcos Reis – Cantor)

“Eu quero muito voltar a tocar em Valença. Onde aprendi, onde vivi e da onde vem grande parte de minha música”. (Felipe Guaraná – Cantor e Compositor Popular)

“Música e casa própria”. (Igor Almeida – Banda O Celeiro das Rochas)

“Eu espero que haja mais eventos, que nas festividades valencianas tenham o mínimo de consideração com os músicos da cidade e que os contratem, pois atualmente vejo somente pessoas de fora sendo contratadas e há muito talento escondido por ai precisando de um empurrãozinho para mostrar o que sabe fazer. Acho que deveriam criar mais projetos musicais nos bairros, workshops ao ar livre, eventos livres para que os menos favorecidos possam curtir também e projetos de música na escola”. (Guilherme Heron – Músico)

“Sem desprezo aos outros estilos musicais, mas espero que 2013 seja rico para o rock n’ roll: mais bandas, mas shows e mais fãs”. (Maria Mergener – Banda Sotton)

“Espero que bandas ou músicos valencianos sejam descobertos em 2013 e que Valença seja considerada como um celeiro musical, atraindo caça-talentos e a atenção da mídia para a nossa cidade”. (Rafael Mazzeo – Músico)

“Valença precisa de música para sorrir, sem música com certeza a cidade ficará de mal-humor”. (João Fontes – Papel Riscado)

“Promete! Estão surgindo músicos muito bons em Valença, a concorrência vai aumentar e a qualidade vai melhorar!”. (Helair Gustavo – Baterista)

“Que a música continue alimentando os músicos e as almas, mas que se lembrem que os músicos também precisam de alimentos/valorização econômica”. (Wilson Fort – Compositor)

“Temos bons músicos. Espero que eles se valorizem para que sejam reconhecidos” (Raul Brinquinho – Músico)

“Eu espero um pouco mais de apoio da Secretaria de Cultura, não só pra música mas para a arte em geral”. (Fael Campos – Músico)

“Valença vem de um berço cultural fantástico, pelas mãos de tantos talentos, sem dúvida tudo se renovará mais uma vez nesse ano. Sorte a nossa que vamos ver tudo de pertinho”. (Filipe Torres – Músico)

“Os músicos valencianos já vem realizando um ótimo trabalho aqui na cidade, hoje temos muitas bandas e músicos de boa qualidade, eu espero que o governo incentive para essas bandas aparecerem mais, como por exemplo shows no jardim de cima nos finais de semana”. (Sabrina Oliveira – Musicista)

“Ficaria muito feliz, se em 2013, houvesse da parte dos músicos de Valença – muitos deles meus amigos – maior cooperação e parcerias, tanto na esfera artística, quanto no âmbito da valorização profissional da categoria”. (Alexandre Fonseca – Professor de História)

“Espero que em 2013 a música valenciana se destaque e passe uma mensagem para as pessoas; que ela seja capaz de transformar os corações necessitados”. (Mariana Giffoni)

“Espero riquezas esse ano de 2013 na música Valenciana em todas as áreas desde o Pop, Rock, Choro, Samba, Bossa-nova, Pagode, Clássica, etc… Que esse ano venhamos dar o nosso melhor em nossos instrumentos!”. (Leonardo Viana – Ministério de Louvor da Catedral Metodista)

“Para 2013 espero mais união entre a classe e mais incentivo de nossos orgãos competentes!”. (Francisco Rosa – Banda Sotton)

“Aula de música nas escolas, pois sabemos o quanto é difícil aprender sozinho. Seria importante criar um projeto tipo ‘Clube da Música’ com direito a carteira de sócio no qual o músico pagasse ao més um valor simbólico para o professor e manutenção do espaço utilizado, material didático, etc”. (Passarinho do Cavaco – Grupo Fidelidade)

“Espero um maior apoio do poder público municipal através de festivais de música ou um local para que os mesmos possam apresentar seus trabalhos”. (Evandro Leal – Dentista)

“Que em 2013  haja mais oportunidades para mostrarmos nosso trabalho, que os músicos e bandas, sejam mais unidos e trabalhem juntos em busca de melhores horizontes”. (Marcio Manhães – Banda Perímetro Urbano)

“Espero que a cena musical valenciana continue ativa e variada como tem sido, e que, quem sabe, se estenda às escolas, onde poderia ser muito útil”. (Cláudio Morgado – Músico)
Postar um comentário