31 outubro, 2012

O SOM DA COR


Creio que já ouviram falar da "A COR DO SOM"? Que era o nome da banda instrumental criada em 1977 pelos músicos que acompanhavam Moraes Moreira após a sua saída dos Novos Baianos. Bem, se nunca ouviram falar, deveriam. Som de primeira e que inclusive tem com um de seus excelentes integrantes o percussionista Ary Dias que tem aportado em terras valencianas, ora e outra se apresentando com outro excelente músico e amigo, Paulinho Lima ao violão.

O nome "A COR DO SOM" foi sugestão de ninguém menos que Caetano Veloso ao baixista Dadi. Um nome de peso para escolher um nome de peso. Nomes dizem muito... Entre os vários bons discos da banda um foi batizado com o nome de "SOM DA COR" (1985).  Em música, chamamos timbre à característica sonora que nos permite diferenciar sons produzidos por fontes sonoras conhecidas. Em outras palavras, ao ouvirmos uma nota tocada por um violão e a mesma nota tocada por um teclado, podemos identificar os dois sons como sendo de instrumentos diferentes. O que nos permite diferenciar os dois sons é o timbre. Costumamos dizer que o timbre então é a "COR" do som.

Entendido o que é a COR do som, então o que seria "O SOM DA COR"?

A banda valenciana "O Celeiro das Rochas" pretende nos responder a essa pergunta com local, data e hora marcados. O local é o Cine Glória em Valença/RJ, a data é dia 10 de novembro de 2012 e a hora é às 23h30min em ponto. Falando ainda em números, os ingressos já estão sendo vendidos no Cine Glória e na Pinheiro – Aulas de Violão, onde o guitarrista e vocalista da banda é um dos professores de guitarra, o preço é R$ 15,00 e é de suma importância saber que o Cine Glória tem 150 lugares, portanto não deixe para a última hora, pois não
ficará ninguém em pé no cinema. Você também pode reservar seu ingresso online, direto no site da banda:
O Celeiro das Rochas deixando seu recado e aguardando que a banda entre em contato contigo.

Respondido isso vamos a uma breve explicação sobre o que é o “SOM DA COR”. A banda que é formada pelos músicos Igor Almeida (Guitarra e Voz), Fred Ielpo (Baixo), Daniel Barbosa (Bateria) e João Maia (Guitarra e Violão) resolve chamar ao palco mais um integrante: a tela do cinema. E numa apresentação inédita em Valença/RJ a banda tocará tendo não apenas o telão ao fundo, pois você não verá uma banda tocando à frente e um clipe passando na tela, mas sim uma interatividade entre o músico da tela do cinema e a banda. Dessa forma músicos como Zé Ramalho, Alceu Valença, Lenine e Lô Borges, entre vários outros, vão aparecer na tela cantando e tocando suas músicas e ao mesmo tempo a banda estará tocando e fazendo o arranjo das músicas, interagindo com a tela. Lógico que isso exige uma sincronia fenomenal, pois qualquer atraso joga todo o trabalho por água abaixo, mas a banda está confiante no resultado positivo.


Igor Almeida, que também é graduando em Design na UniFOA (Universidade Fundação Oswaldo Aranha), nos conta que a idéia partiu de toda a banda, mas que muito da apresentação que virá foi lapidado em conversas com seus professores na faculdade. Como vários projetos culturais em Valença/RJ partem dos próprios artistas, os recursos para os mesmos saem do bolso dos próprios artistas que além de colocarem seus talentos entram com suas finanças, e muito também se agradece aos patrocinadores e ao público que acreditam na cultura e nos artistas da cidade, e que apóiam e fomentam o crescimento cultural da cidade seja com sua presença ou patrocínio.
Para encerrar, a Wikipédia tem uma definição para som: “O som é a propagação de uma frente de compressão mecânica ou onda mecânica; é uma onda longitudinal, que se propaga de forma circuncêntrica, apenas em meios materiais - que têm massa e elasticidade, como os sólidos, líquidos ou gasosos”. Na mesma Wikipédia também achamos uma definição de cor: “A cor é uma percepção visual provocada pela ação de um feixe de fótons sobre células especializadas da retina, que transmitem através de informação pré-processada no nervo óptico, impressões para o sistema nervoso”.

A própria banda também tem a sua definição sobre “O SOM DA COR”:
  

Mas quer saber? Agora que você já leu todas essas definições, você só vai ter a sua própria definição se você for ao cinema e assistir.  Isso ninguém pode fazer por você! E depois você me diz: Qual é “O SOM DA COR”?
Postar um comentário