30 março, 2012

Banda NV no IV FIM de Rio das Flores

 BANDA NV


Regis Ferreira, Duda, Diego Andrade e Raoni Albuquerque (Foto: Brunno Dantas)
Olá blogueiros! Os preparativos para o IV FIM de Rio das Flores já está rolando, pelo menos por parte dos músicos, pois já conversei com alguns que estão preparando suas canções para concorrerem, o que eu logicamente dou a maior força. Tem até um amigo de Juiz de Fora/MG que leu em nosso blog sobre o festival e já me pediu para informar mais sobre o festival pois está querendo desembarcar com a banda dele por aqui.
Como havia dito, neste ano de 2012 teremos como uma das atrações musicais a Banda NV (Na Veia), que vem quebrando tudo e com nova formação. No III FIM ela também se apresentou, fazendo um excelente show. Conversei com o vocal e líder da banda, o competente Duda, que nos contou em primeira-mão sobre as mudanças na banda, sobre sua trajetória na música e o que a galera pode esperar da banda NV neste ano.
Quer uma dica? Vai lá na geladeira, pega uma coca-cola bem gelada, entre no PALCO MP3 da banda e aperte o play! Agora se recoste na cadeira e ajeite a tela do computador. Você vai curtir um bom som e se deliciar com a bela entrevista que o líder do NV nos deu! 

ENTREVISTA:

01 - Quais são as expectativas para a apresentação da NV no IV FIM de Rio das Flores?

NV - As maiores possíveis, como será a nossa segunda participação no festival, queremos somar sempre com eventos desse porte.

02 - A NV vem com nova formação para o festival. Quem são os novos integrantes? E o que essa formação trouxe de novo para o som da NV?

NV - Na guitarra entrou Raoni Albuquerque, ótimo guitarrista e vocalista, já trabalhou com vários músicos, de vários estilos.
No baixo, entrou Regis Ferreira, vem de uma escola rock, desde novo faz som, já foi integrante de bandas de rock conceituadas como Silvertape e Re-Volt.
Na bateria é o Diego Andrade, já foi baterista de vários artistas renomados como Teo Becker, Sabrina Samn e Vinny(Luiza mexe a cadeira), foi o último a entrar pra nova formação.
 

Eles trouxeram a experiência de cada um no cenário musical, nenhum músico toca igual a outro, os antigos integrantes eram muito bons, assim como esses que hoje somam cada vez mais pro nome NV estar sempre em evidência, o som sai fácil, quando bons músicos se juntam.

Duda Vocal (Foto: Brunno Dantas)
03 - Como surgiu seu interesse por música? Qual é a sua formação musical?

NV - Cara, se eu contar, vocês podem não acreditar... eu tinha vergonha de cantar, às vezes estava cantando pela casa e minha mãe elogiava, pedia pra eu cantar mais alto e eu reclamava, morrendo de vergonha.

Não tive uma formação musical como muitos cantores, que estudam, eu até fiz durante 8 meses o núcleo avançado da Villa Lobos em Paracambí, mas não pude mais conciliar, devido a quantidade de shows que começaram a surgir, canto por estar em mim, não se aprende a cantar, se nasce cantor.


04 - Como funciona a parte organizacional da NV? Sabemos que o Duda tem outros projetos como o Madeirada e o Barrados no Baile. Isso não choca agenda? Como a NV lida com isso? 

NV - Graças a Deus não tem choque de agenda ou estilos.
A Madeirada é uma sociedade que dura 9 anos com o antigo baterista do NV, o Teteu, temos uma banda muito boa, composta por vários músicos de qualidade, na Barrados no baile, além de ser um dos cantores, sou o produtor vocal da banda, mas hoje com a nova formação do NV, sou eu quem toma as decisões em relação as músicas a serem tocadas, ensaiadas, eu quem fecho os shows, quem faz relações públicas e etc...

NV é o meu carro-chefe, meu real estilo, meu sustento vem dessa banda, as outras, faço com o mesmo profissionalismo, mas o rock, ele está NA VEIA!!!


05 - Qual a visão que a NV tem sobre a obrigatoriedade do ensino de música nas escolas?

NV - Acho que se tivesse uma organização, se fosse uma coisa levada a sério, seria muito bom, para a formação de novos profissionais da música... mas a realidade do Brasil não faz com que isso se torne uma realidade... hoje, muitas crianças vão as escolas, por não terem o que comer em casa, imaginem, colocar pra uma criança dessas "mais uma matéria"?!
Deveria ser obrigatório, mas deveria também, ser levado a sério a educação no pais.


06 - Sabemos que todo grupo que está começando tem suas dificuldades. Creio não ter sido diferente para a NV. O que você acha que melhorou no cenário musical para quem está começando agora?

NV - Melhorou e muito, em todos os sentidos!!!
Hoje, qualquer um faz uma gravação numa câmera caseira e joga na internet, tem as redes sociais que dão um BOOM nesses novos artistas, viram celebridades em questão de semanas e voltam ao anonimato na mesma velocidade.
Hoje, qualquer banda tem como gravar uma DEMO e postar suas músicas em sites independentes, voltados pra esses artistas.
Isso não quer dizer que a banda vai ser o novo sucesso do Brasil, mas ajuda e muito, pula-se várias fases nesse jogo.


07 - Você é natural de Barra do Piraí/RJ? Embora tenhamos músicos de extrema qualidade musical e trabalho expressivo em cidades do interior, você acha que ainda se faz necessário um músico mudar para uma grande cidade para que tenha seu trabalho reconhecido?

NV - Eu sou natural de Belo Horizonte-MG, já morei em Volta Redonda, Rio de Janeiro e com poucos anos fui para Barra do Piraí, cantei em banda de garagem, fui cantor de uma banda renomada e depois fundei o NV, já ouviram aquele ditado:
A necessidade faz o gato nadar...?!
Então... acaba que a necessidade nos levou a buscar uma cidade aonde você pudesse competir, se tornar evidente e assim buscar novos horizontes... imagina se eu não desse o primeiro passo?!
Se eu tivesse continuado em Barra do Piraí, talvez não teria chegado tão longe na música...


Banda NV (Foto: Brunno Dantas)
08 - A NV é uma banda de músicas autorais, mas também tem em suas apresentações trabalhos covers. O que você acha da iniciativa de sites como o Youtube que têm incentivado a divulgação de videos autorais em detrimento aos videos covers? Você não acha que isso, embora possa favorecer o autor em termos de direito autoral, pode por outro lado diminuir a divulgação de uma música?

NV - Sinceramente, eu não vejo dessa forma, eu postei vídeos autorais do NV,  vídeos ao vivo e vídeos de nossas apresentações de músicas covers, versões de músicas conhecidas, esse incentivo ele veio, mas ainda não ganhou expressão aqui no Brasil.

09 - Como você concilia família e trabalho?

NV - Tento conciliar da melhor forma possível, há 9 anos morando no Rio, ainda tenho laços familiares em Barra do Piraí... meus pais e irmãos, meu filho, moram lá e eu vou visitá-los sempre, sou uma pessoa muito ligada a família.
Vou para Barra do Piraí, passo 2 dias, 3 no máximo e volto pro Rio, pros shows, ensaios e reuniões de negócios.


10 - Numa retrospectiva dos momentos musicais que viveu. Lembrando de bandas, músicos, shows, lugares... O que não faria de novo?

NV - Honestamente, não me envergonho ou me arrependo de nada que tenha feito no cenário musical, tudo foi aprendizado, as bolas fora, os shows que não deram cachê, os festivais que ganhamos, os fãs que conquistamos, as casas por onde nos apresentamos, tudo faz parte desse crescimento.
Faria tudo de novo.


11 - O que você pode dizer para a galera aqui das nossas aulas? Uns ainda aprendendo a tocar, outros já com bandas formadas e correndo estrada. Mas todos buscando um lugar ao sol no vasto território da música.

NV - Primeiramente, dou os parabéns aqueles que estão buscando a música como Hobby ou profissionalmente, continuem a estudar, conhecimento não ocupa espaço, pros que já tem bandas, o ensaio é a arma secreta de todos que buscam ser bons naquilo que se propõem a fazer, sempre fui um cara muito radical com relação a ensaios, sempre fui adepto de buscar fazer o melhor que eu puder, e, digo com toda a certeza, quem ensaia, estuda, está sempre um passo a frente.

12 - Por fim, o que público da NV pode esperar da banda? Quais os projetos que estão em andamento? O que a NV tem para gente?

NV - A galera que vai competir no festival e aos expectadores, o NV promete um show consistente, uma massa musical que vai chegar pra fazer todos que estiverem no festival quererem que nós estejamos no festival do próximo ano!!!
Desde já agradeço pela confiança no nosso trabalho e esperamos encontrar vocês no festival, pra celebrarmos a vida com música!!!
Saúde e paz!!!



Pra galera que quiser conhecer melhor o nosso trabalho, é só acessar o nosso site:
www.bandanv.com.br

Pra assistirem aos vídeos:
www.youtube.com/user/eududanv

Pra nos seguirem no Twitter:
@nvrockshow
@DudaNvRock

Pra curtirem nossa Fanpage no Facebook:
NvRock Show

Pra serem nossos amigos no Facebook:
Duda Vocal
Regis Ferreira
Raoni Albuquerque
Diego Andrade

Telefones pra shows:
21 77348738 NEXTEL
21 83033424 TIM
21 71580027 VIVO
21 76160522 CLARO
Postar um comentário