28 setembro, 2011

EXPOMUSIC 2011: Por um mundo musicalmente melhor

Texto de Carlos Brunno S. Barbosa retirado do Blog "Diário de Solidões Coletivas"


Imagine um universo em que seus passos fossem guiados por música, um lugar que abraçasse todos os ritmos, cores e estilos sem conflito, um mundo onde os diálogos ríspidos fossem trocados (ou melhor, tocados) por notas musicais de paz... E se eu dissesse a você que esse ambiente existiu na minha realidade e não só em meus sonhos, você acreditaria? Pois existiu, por um momento respirei a sinfonia de um mundo musical e melhor. Quando o Pinheiro, eufórico com o evento, me convidou para participar da excursão da Expomusic 2011, em São Paulo/SP, fui guiado pelas palavras do amigo, mas descrente de que haveria um paraíso musical assim como ele descrevia. Ontem, dia 24 de setembro, quando entrei no Expo Center Norte para visitar a 28.ª Feira Internacional da Música, conhecida como Expomusic 2011, meu ceticismo se perdeu – a partir daquele momento eu era todo euforia em acordes musicais: havia música lá fora, havia música lá dentro, havia música na cabeça de cada visitante, expositor e músico, havia música em mim.