26 março, 2010

Entrevista no CHAT: FELIPE ERDELYI Guitarrista da Banda NPLACE

Neste sábado (20/03/10) em nosso Chat entrevistamos o nosso amigo e aluno Felipe Erdelyi, guitarrista da antiga STAKAZERU – atual NPLACE! 

Às 16:00h tínhamos on-line:

1. Allex Willian
2. Ana Gabriela
3. Daniel Barbosa
4. Felipe Erdelyi
5. Igor Almeida
6. Luciana Ochsendorf
7. Mariane Medeiros
8. Miriã Boaretto
9. Pinheiro
10. Samuel Jr.
11. Vítor Silva

Logo após uma curta apresentação do nosso entrevistado começamos com tudo:


(16:02) Pinheiro: Vamos lá, deixa eu apresentar o FELIPE primeiro. Felipe faz aulas comigo há alguns anos. Já havia feito aulas de violão com meu amigo Erasmo e como estava interessado em guitarra resolveu aparecer aqui em casa. Ele é o guitarrista e fundador da STAKAZERU, banda valenciana que conta com a presença de outros feras alunos meus também!

(16:04) Felipe Erdelyi: Isso!


(16:04) Igor Almeida: Felipe, eu começo: Mano, sua banda trocou de nome. Agora é NPLACE. Certo? Porque essa troca? E o que significa NPLACE?

(16:05) Felipe Erdelyi: Bom... Eu que dei a idéia de colocar o nome da banda de Stakazeru. Porque há muito tempo eu tentava formar uma banda... E sempre quando parecia que ia funcionar dava algo errado e então a gente voltava pra Stakazeru. Porém nós da banda sentamos e chegamos à conclusão de que Stakazeru era um nome meio estranho, e então procuramos muito por um outro nome. Esse ano tava ruim de encontrar lugar pra ensaiar, então a gente tava topando qualquer lugar. Aí surgiu a idéia: aNy Place (qualquer lugar) – Nplace.

(16:08) Pinheiro: A idéia do nome em inglês partiu da Tamara?

(16:08) Felipe Erdelyi: Dessa vez  o nome todo partiu do Maurício - o outro guitarra da banda.

(16:08) Pinheiro: Quem faz parte do Nplace?

(16:09) Felipe Erdelyi : As alterações do Stakazeru para o NPlace foram: Baixo e  bateria. A banda completa: Eu, Maurício Tavares, Tamara Figueredo , Alex e Kill.

(16:09) Allex Willian: A Tamara conseguiu o lugar pra galera ensaiar ?


(16:10) Daniel Barbosa: Vocês trocaram alguns integrantes da banda. Como está sendo tocar com eles? E o que eles acrescentaram à banda?

(16:10) Felipe Erdelyi (para Alex Willian): A gente tá ensaiando na casa da tia da Tamara. Mas a gente tá pra conseguir outro clube pra ensaiar – o que é melhor!

(16:11) Pinheiro: Então entrou o Alex no Baixo e Kill na batera, isso?

(16:11) Felipe Erdely (para Pinheiro): Sim

(16:11) Pinheiro: Quanto tempo você tem de música?

(16:12) Felipe Erdelyi (para Daniel): Bom, é sempre bom você tocar com várias pessoas diferentes. Porque você pode trocar experiência, coisas que você não sabia você passa a saber e vice versa. Eles acrescentaram a esperança de poder continuar com a nossa música e acrescentaram muita união também.

(16:13) Felipe Erdelyi (para Pinheiro): Bom... eu comecei a tocar violão com 9 anos de idade por incentivo do meu amigo - o Léo; que por acaso não esta presente aqui e disse que estaria!!!

(16:14) Mariane Medeiros:     Quais as influências da banda?

(16:14) Felipe Erdelyi (para Pinheiro) : E também fiz aulas de bateria com o Daniel Barbosa no ano passado!

(16:14) Pinheiro: E está com quantos anos agora?

(16:15) Felipe Erdelyi (para Mariane): Bom, na banda quase todo mundo tem um tipo de gosto diferente... No começo dava até briga. Mas a gente conseguiu entrar em um acordo de sempre tentar tocar pelo menos uma música que cada um goste. No geral a gente é voltado mais pro POP ROCK mesmo.

(16:15) Felipe Erdelyi (para Pinheiro): Eu estou com 16 anos!

(16:16) Samuel Jr.: Pra você, qual o maior desafio de fazer música em Valença?

(16:17) Felipe Erdelyi: Pra mim o maior desafio de fazer música em Valença é você ter poucas oportunidades.

(16:17) Igor Almeida: Sua banda trabalha com Covers? Tem alguma coisa autoral?

(16:18) Felipe Erdelyi: O nosso objetivo é ser uma banda com músicas próprias e até temos alguns projetos de músicas.

(16:18) Igor Almeida: Como funciona a decisão do repertório?

(16:19) Felipe Erdelyi: Como eu disse, a gente resolveu cair pra uma área voltada mais pro Pop Rock. Então a gente vê qual música dentro desse estilo que agradaria o maior número de pessoas. Porque num show a maior alegria que o músico pode ter é a satisfação do público.

(16:19) Samuel Jr.: Qual o lugar que você tem mais vontade de tocar?

(16:20) Pinheiro: Onde vocês já tocaram?

(16:21) Felipe Erdelyi (pra Samuel): Particularmente eu não tenho nenhum lugar em especifico. Mas gostaria de tocar pra um GRANDE número de pessoas um dia.

(16:21) Felipe Erdelyi (pra Pinheiro): A gente fez poucos shows. Porém por mim foram muito bem aproveitados.  A gente tocou na festa de Santa Rita, no Colégio Sagrado e tocamos na festa de Santa Rosa.

(16:22) Samuel Jr.:    Você acha mais difícil COMEÇAR uma banda ou MANTER uma?

(16:24) Felipe Erdelyi: Eu acho que manter é mais difícil, porque no começo tá todo mundo quente, todo mundo animado, mas no decorrer do tempo algumas pessoas mudam de objetivos ou simplesmente são obrigadas a deixar a banda por motivos pessoais.

(16:24) Igor Almeida: E com uma banda formada como você acha que deve ser feita a escolha de novos membros pra banda?

(16:26) Felipe Erdelyi: Na minha opinião  primeiro você tem que chamar um cara que você se identifique, alguém que tenha os mesmos objetivos. Ver se ele quer levar a banda pra frente ou não. E depois a gente ensaia junto pra ver como as coisas rolam.

(16:27) Igor Almeida: Numa banda, um cara gente boa que toca bem, é melhor que um arrogante escroto que toca pra caramba?

(16:27) Mariane Medeiros:     Você levou em conta pra escolher os membros a afinidade, o gosto musical, ou viu quem tocava mais?

(16:27) Felipe Erdelyi: Pô cara, sem duvida pra mim um cara gente boa que toca bem é muito melhor!

(16:28) Mariane Medeiros:     (acho que alguém acabou de perguntar alguma coisa parecida antes de mim) Rsrsrs

(16:28) Igor Almeida : hahahaha

(16:28) Pinheiro: Rsrsrrs! A resposta serve pros dois.

(16:30) Igor Almeida: (vamos ao jabá!) Você já teve outros professores, e cada um de sua forma acrescenta alguma coisa ao aluno. O que PINHEIRO AULAS DE VIOLÃO te ensinou de melhor, além de fazer um bend e a pentatônica?

(16:30) Samuel Jr.: Quais os equipamentos dos seus sonhos? (guitarras, amps, pedais, etc)

(16:31) Felipe Erdelyi: Pô, eu só tive o Erasmo e o Pinheiro de professor. Mas, meu contato com o Erasmo foi bem rápido! O Pinheiro me fez ser quem eu sou hoje no violão. Então acho que toda a experiência que eu adquiri foi com o pinheiro mesmo! Porque eu cheguei no Pinheiro sabendo fazer uma A, um E, e um D só. Hoje eu sei fazer um A, um E, um D e um Bm!!! Aksoaskoaskaoskas!!

(16:32) Igor Almeida: kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

(16:32) Daniel Barbosa: huahauha

(16:32) Igor Almeida: kkkkkkkkk BOA!

(16:32) Pinheiro: kkkkkkkkkkkkkkkkk

(16:32) Allex Willian: kkkkkkkkk

(16:32) Pinheiro: Demais essa resposta!

(16:33) Felipe Erdelyi: Meu sonho é ter uma guitarra Gibson Les Paul igual a do Slash. Amplificador eu sonho em ter uma Marshall! E pedaleira eu sonho em ter alguma bem cara e legal! Rs

(16:32) Igor Almeida : Pessoal, infelizmente nosso tempo com o Felipe foi curto, e já acabou! Mas foi legal! Outras oportunidade virão! Queria agradecer aí ao pessoal que esteve assistindo, e até ao Felipe Martins que chegou no final do segundo tempo!

Valeu Felipe Erdelyi! Valeu pela paciência e pelas respostas!

(16:35) Felipe Erdelyi: Obrigado aí Igor! Foi legal compartilhar minha vasta experiência musical com vocês! Rsrs


Fotos:

1. Felipe Erdelyi numa aula de guitarra
2. Banda Stakazeru no 1º Show (Jornal LOCAL)
3. Felipe Erdelyi e Pinheiro na EXPOMUSIC em São Paulo
4. Honrando seu professor de batera: Daniel Barbosa
5. Pinheiro e a Banda Stakazeru num Show


Postar um comentário